Consultório I: Rua Martiniano de Carvalho, 864 - conj. 809 - Bairro Paraíso - São Paulo/SP

Consultório II: Rua Ana Jarvis, 230 - Bairro Assunção - Santo André/SP



A IMPORTÂNCIA DO ESTUDO DOS PONTOS ENERGÉTICOS BASEADO NA CATEGORIZAÇÃO DOS PONTOS E NA HARMONIOSA COMBINAÇÃO

A IMPORTÂNCIA DO ESTUDO DOS PONTOS ENERGÉTICOS BASEADO NA CATEGORIZAÇÃO DOS PONTOS E NA HARMONIOSA COMBINAÇÃO

Um dos primeiros passos que um indivíduo desejoso de aprender a técnica Acupuntura é iniciar o estudo dos Canais e Colaterais Energéticos e, também, a localização dos pontos energéticos. No entanto, após este primeiro desafio, o estudo da função de cada ponto energético torna-se um novo e imprescindível desafio rumo à prática correta da Acupuntura, prática esta, embasada numa seleção coerente de pontos aliada às suas possíveis e harmoniosas combinações.


Esta seleção, e combinação, coerente de pontos energéticos só se torna possível quando o estudo é voltado às categorias dos pontos e suas respectivas funções energéticas. O aluno muitas vezes “decora” que, por exemplo, o ponto BP3 é um importante ponto para tonificar o PI, no entanto quando questionado a razão desta importância, ele muitas vezes cita o nome de um autor ou de um professor que indicou este ponto para este propósito. Enquanto que com uma formação teórica embasada na categoria dos pontos ele poderia afirmar que o ponto BP3 é um importante ponto para tonificar o PI porque é o ponto YUAN-Source (Fonte) do canal e segundo o LING SHU, cap. 01, “Quando os cinco ZANG estão doentes selecione os pontos YUAN-Source”, e também porque este ponto pertence ao elemento Terra e está contido em um Canal que também pertence ao elemento Terra sendo, desta forma, o ponto de máxima concentração de QI do Canal. Recordaria também que por sua categorização, de acordo com os cinco elementos, como ponto terra é um importante ponto para drenar umidade do Canal. Conhecendo a relação deste ponto com a dinâmica energética do Canal entenderá porque é o principal ponto para drenar Umidade da cabeça (Umidade obstruindo o alto) e conhecendo as formas de combinação, o aluno lembrará que a combinação do BP3 com o B20 (DAO QI) é uma importante combinação para tonificar o PI de acordo com as fontes clássicas e corroborada pela extensa prática clínica dos acupunturistas ao longo dos séculos. Isso é um método de estudo mais dinâmico, assertivo e objetivo dos pontos energéticos. 


Desta forma o estudo e a aplicabilidade clínica dos Pontos Energéticos (QIXUE) de acordo com suas categorias tradicionais tornando possível uma conduta clínica mais bem direcionada, a utilização do menor número possível de agulhas e uma potencialização dos resultados do tratamento por meio de técnicas amparadas na experiência clínica de autores conceituados e também nas clássicas fontes da Acupuntura.

“Todos comem e bebem; mas quão poucos sabem distinguir os sabores”.
Confúcio

Autor: Prof. Me. Henrique Adam Pasquini

Comentários:

Envie seu comentário:

*obrigatório.

*obrigatório. Formato inválido.


*obrigatório.

Henrique Adam Pasquini Fisioterapeuta, Especialista em Acupuntura pelo Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional, COFFITO, Acreditação Internacional de Acupunture Doctor pela World Federation of Acupuncture-Moxibustion Societies, WFAS; Mestre e Doutorando em Psicologia da Saúde pela Universidade Metodista de São Paulo, UMESP. Docente do Curso de Especialização em Acupuntura do Colégio Brasileiro de Acupuntura e Medicina Chinesa desde 2000 e de Cursos Técnicos na área da saúde do SENAC desde 1998. Atua como Acupunturista em consultório particular. Colaborador no Laboratório de Psicofisiologia da UMESP; nos protocolos de pesquisa “Correlatos Eletrofisiológicos das Modificações da Atenção em Longo Prazo” e “Idiossincrasia Individual na Distribuição das Oscilações Elétricas Corticais” coordenados pelo Prof. Dr. Luis Fernando Hindi Basile.

Mais Populares